Declaração Cafeana

2 Comments



Não exagero: praticamente todas as semanas ouço, por vias directas ou indirectas, relatos de violência sexual contra crianças ocorridas no Mindelo. Meninos ou meninas. Crianças de cinco, seis, sete, oito, nove anos e até bebés. Isto para além do que se vai sabendo pela comunicação social que também nos relata, com uma frequência assustadora, os tenebrosos casos que vão acontecendo um pouco por todas as ilhas de Cabo Verde. 

E o maior problema parece ser o medo ou a apatia dos educadores (?) destas crianças e das próprias autoridades. Ou a morosidade e mão leve da justiça. Não há crime mais hediondo do que este. Mas continuamos a assobiar para o lado como se não fosse nada de especial. Continuamos a fazer a festa permanente e a promover esta morabeza de pacotilha. 

O mais preocupante é que estas acções ocorrem quase sempre por via de adultos que são muito próximos das crianças: professores, familiares mais ou menos distantes e até progenitores. Mas neste caso particular, somos todos responsáveis. Continuamos a calar e a pactuar com situações como estas e seremos cúmplices de toda uma geração perdida. 

Há que estar alerta. Denunciar. Sem apelo nem agravo. Não pode haver perdão para quem faz coisas destas. Não pode.




You may also like

2 comentários:

Maria disse...

É apenas um dos crimes mais horrendos que alguém pode praticar.
Aí, como aqui, como um pouco por toda a parte.
E a denúncia é sempre necessária!

zito azevedo disse...

Será que existem humanos (?) num estádio de evolução anterior ao "homo sapiens"???