(Curta) Declaração Cafeana

2 Comments


Apenas para que conste, não sou nem nunca serei membro efectivo ou suplente, de nenhuma "maioria sociológica" imposta por qualquer dirigente partidário, cantor de zouk love ou adepto de clube de futebol. O meu voto, que é meu e de mais ninguém, não está nas mãos de um supra-sumo guru da estatística social e política que o define à partida e desconfio sempre de quem canta de galo antes do alvorecer, ou dito de uma outra forma, proclama vitória antes do jogo começar. Fosse assim, teríamos que dizer que a "maioria sociológica dos eleitores cabo-verdianos" se está nas tintas para as eleições e para quem os representa, já que caminhamos a passos largos para uma abstenção próxima dos 50%.

Tenham juízo.


You may also like

2 comentários:

zito azevedo disse...

E viva o Porto!!!
Abstenção? Não será, antes, insatisfação?

JB disse...

Por acaso, isto nada tinha a ver com futebol. Mas pronto, cada um é livre de interpretar como bem entender!