Pergunta & Resposta

1 Comments




Um cliente perguntava, cheio de razão, «funeral de margoso é que dia?». Pois é, acho que não vai haver funeral. Apenas uma radical mudança de visual. Ainda hoje explicaremos o que nos vai na alma. Como escreveu o César no Bianda, estou numa de observar, quieto no meu canto, o mundo a funcionar. Tentando entender. Me entender. Vos entender.

Vai passar.


A Gerência




You may also like

1 comentário:

zito azevedo disse...

Em funeral, creio não ter pensado...Mais em "doença prolongada" portanto, um pouco antes do funeral...A julgar pelo aspecto do doente, a doença não foi de perigo e o povo agradece, ouvindo a banda a passar...