Bom poema de crise

3 Comments




        O cafezinho está mais caro?
        Sabe melhor o cafezinho?
        De diâmetro aumentou a xícara?
        A colherzinha não é mais de prata
        (se algum dia foi), e um sorriso
        de boas-vindas nos acolhe
        sob os bigodes do gerente?
        É mais café o cafezinho,
        mais quente, inspira mais piadas
        a seus costumeiros clientes?
        Tem um pó mais fino, o adoçante
        não mata mais que o ciclamato,
        e há no açúcar um princípio
        de tornar o dia contente
        quando o céu da boca relembra
        o cafezinho em pé tomado?
        O cafezinho contém mesmo
        café do bom, que a velha casa
        de nosso avô servia a todos,
        e repetiam todos, uai?
        Não. Simplesmente, meus amigos,
        o cafezinho está mais caro.
          O Balcão de Drummond de Andrade


    You may also like

    3 comentários:

    Anónimo disse...

    Este ao menos é de borla, hehehe!!!

    a) RB

    mdsol disse...

    Drummond de Andrade, sempre!

    :))

    zito azevedo disse...

    Pois é: está mais caro mas não está melhor!