Legenda Cafeana

18 Comments


Que legenda, para esta imagem?

À melhor legenda, ofereço um café




You may also like

18 comentários:

Anónimo disse...

uma tentativa...

adê alá, porquê ke bô ti ta ben traze nôs un cafê pret assim pa nô oiá?...chatice om!!!

Unknown disse...

Hehehe.. Boa!

Anónimo disse...

Congresso de Arabe de Gays.
Teste 1: Gostas de mulher?
Resultado: 1 reprovado!

Unknown disse...

Anónimo: se o Congresso é de Gays, o teste é aprovado com distinção, já que quase ninguém olhou para a menina. Há apenas ali dois que... bem, ainda tem dúvidas!

Anónimo disse...

João, "eu ficava logo de pé..."

Abraço

Unknown disse...

Virgilio: quem é que diz (ou pensa) isso? A mulher? Algum dos homens que quer ir lá fazer companhia?

Anónimo disse...

Mulher (Kriola) - Vou divulgar aqui o blog do cafe margoso a ver o que estes caras opinam sobre a poligamia.

Os "Caras" - Que descarada. Esta aqui esqueceu-se da burqa em casa ?

Sara

Anónimo disse...

"Mohamed" a pensar: estes parvos ñ sabem o que estão perdendo...desses ñ se vê todo o dia, só se for coberta de panos. Que alah me perdoe pá, mas ñ sou de ferro.

Alex disse...

Só me occorem duas:

1- Não cairás em tentação!

2- Não cobiçarás a mulher alheia!

ZC

Anónimo disse...

Se o preto é a cor do pecado, temos aqui a anatomia do diabo,
Veste tão bem o corpo dela, como a cabeça deles.
VTM

Unknown disse...

Sara, hehe. Neste caso, seria a poligamia feminina, não? A escolha ali é tanta!

Sisi, aposto que quem pensou isso está na terceira fila (a contar de cima), na 4ª cadeira (a contar da esquerda)...

ZCunha, essas já são muito batidas!

VTM, adorei essa frase!

Anónimo disse...

comentario: " pora, é mais uma miragem"
hiena

Unknown disse...

Hehehe!

Anónimo disse...

Cunha:
sorry mas sou mesmo é pecador.

João:
essa era mesmo legenda sentida.

"I can´t resiste temptation" (Oscar Wild).

Sara:
Sendo "mãe de muitas nações" deve saber que a poligamia é a instituição mais velha da humanidade (e a que mais me conforta).

Eu, como sou defensor das instituições - em especial das verneráveis - sou visceralmente polígamo. Mas não é culpa minha, não - é da natureza, da instituição (sou, neste aspecto, um "institucionalizado" da poligamia) e da beleza feminina.

Deixai de ser belas e desejáveis e deixarei de ser polígamo. Prometo! É que, como dizia Vinicius de Moraes, "as mulheres feias que me perdoem, mas beleza é fundamental". Já agora, acrecento: "novidade é fundamental".

"La vida es curta y aunque las horas que las horas son tan largas..." (JL Borges, Ya no seré feliz)

Ah, e não aceito colher de pau nem panela na cabeça...

PS: Não resisto e deixo aqui o poema do Borges:

YA NO SERÉ FELIZ

Ya no seré feliz. Tal vez no importa.
Hay tantas otras cosas en el mundo;
un instante cualquiera es más profundo
y diverso que el mar. La vida es corta

y aunque las horas son tan largas, una
oscura maravilla nos acecha,
la muerte, ese otro mar, esa otra flecha
que nos libra del sol y de la luna

y del amor. La dicha que me diste
y me quitaste debe ser borrada;
lo que era todo tiene que ser nada.

Sólo que me queda el goce de estar triste,
esa vana costumbre que me inclina
al Sur, a cierta puerta, a cierta esquina.

- D´pôs d´sâb m´rrê cá nada (1º. Mandamento do Polígamo).

Benvindo Chantre Neves disse...

Alá, nôs boca, nôs oi, nos cabeça... ca ta li. (isso só pode ser uma caricatura...)

Unknown disse...

Virgilio, o polígamo, falou e disse!

Benvindo, sês oy tá lá, e ess é ke é sês problema. Oyá, k'el font de pecod ali tão perto...

sarron.com - Companhia de Teatro disse...

Pois, pois. Os artistas do teatro mindelense tanto pedem uma sala de espectáculos condigna, e logo que o Dubai oferece, uma qualquer tenta convencer-nos que é ela o espectáculo.
E essa, hein?

Unknown disse...

Deve ser membro de uma certa companhia de teatro que anda por aí de costas voltadas para o público...