Os Amantes de Novembro

3 Comments



Os Amantes de Novembro

Ruas e ruas dos amantes
Sem um quarto para o amor
Amantes são sempre extravagantes
E ao frio também faz calor

Pobres amantes escorraçados
Dum tempo sem amor nenhum
Coitados tão engalfinhados
Que sendo dois parecem um

De pé imóveis transportados
Como uma estátua erguida num
Jardim votado ao abandono
De amor juncado e de outono.


Alexandre O'Neill 






[Estava a ver que nunca mais chegava, o mês de Novembro!]





You may also like

3 comentários:

Salum H. disse...

O texto, acompanhado da música desceu como uma deliciosa sobremesa de primavera!

Lily disse...

Hum... eu que não gosto do Outono nem de frio, nem de chuva (Portugal)...até fiquei mais animada depois de ler o texto e ouvir a musica!
Obrigada e continuação de bom trabalho!

Lily disse...

Numa onda mais rockeira, podia ter sido o November Rain!!!
eheheh