Café Google

4 Comments


Todos sabemos que o Google é o grande motor de busca do planeta. Qualquer coisa, assunto, personalidade, acontecimento, relato, biografia, enfim, seja o que for, pode ser encontrado utilizando essa poderosíssima ferramenta da Internet.

Pois bem, acabei de descobrir que este post, denominado Kamasutra Cafeano, foi o que de longe teve mais visitas, desconfiando eu que isto tenha acontecido por causa do absurdo número de pessoas que anda pelo espaço virtual à procura com que se entreter...

Isto para dizer que se você veio aqui porque o Google o encaminhou para este blogue só por terem sido utilizadas neste texto as palavras "sexo, mulher pelada, oral, as melhores posições sexuais do universo, famosas nuas ou políticos travestis", devo informar que isto é apenas um teste para verificar se graças ao Google este post passa a bater o record do mais visto da história do Café Margoso.

Se ficou desiludido, até porque este é um estabelecimento sério, volta ao seu motor de busca que alternativas nunca hão-de lhe faltar.




You may also like

4 comentários:

Anónimo disse...

Meu caro!
Sigo esse blog há muito e confesso (devo estar um pouco lento hoje) q não endendi a foto. Ou o que a foto tem a ver com o que está escrito (o q é uma grande verdade).
E o senhor, não gosta de mulher pelada? Isso tb é coisa séria....muito séria!

Na Boca do Sapo disse...

Olá! Temos o prazer convida-lo, a conhecer o novo Agregador de Links da web http://nabocadosapo.com.
Venha nos dar o prazer de ter sua presença.
Não deixe de visitar a seção “Parceiros” - http://nabocadosapo.com/parceria e aumente suas visitas. Confira as vantagens.
Na Boca do Sapo – Mais visitas para a sua página
Desde já agradecemos por sua atenção!

redonda disse...

Só para esclarecer eu passei por aqui por coloquei o Café Margoso na minha lista de blogues!

Raquel de Arruda disse...

há um bom tempo tenho tomado as minhas doses diárias de blog visitando o café margoso.

só queria registrar a minha vergonhosa insignificância: na universidade que estudo (estado de são paulo, brasil), conversei rapidamente com uma moça de cabo verde. enquanto conversávamos, não conseguia me concentrar nas palavras que saiam de sua boca. somente pensava: Deus, eu não sei onde fica cabo verde! o fato é que essa constatação me deixou aborrecida durante toda semana.