Cafeína

5 Comments



«O teatro é um dos mais expressivos e úteis instrumentos para a edificação de um país, é o barômetro que marca sua grandeza ou edificação. Um teatro sensível e bem orientado em todas as suas ramificações, da tragédia ao vaudeville, pode mudar em poucos anos a sensibilidade de um povo; e um teatro destroçado, em que os cascos substituem as asas, pode vulgarizar e adormecer uma nação inteira.»

Frederico Garcia Lorca - poeta e dramaturgo

Na imagem: "A Casa de nha Bernarda" (2009)



You may also like

5 comentários:

argumentonio disse...

além de clarividente e assertiva, a análise de Lorca brilha em poesia e luz: de facto, é a diferença de atitude entre os cascos e as asas que faz dos povos submissos quadrúpedes ou sonhadores arquitectos do seu próprio destino

acrescentaria, passe a imodéstia, uma condição essencial, para o teatro e para o povo: ser livre

sendo que promovendo o teatro livre, promove-se a libertação do povo

;_)))

zito azevedo disse...

Não de recordo da passagem de Lorca por Cabo Verde...

JB disse...

Argumentonio, nem mais!

Zito, não entendi...

zito azevedo disse...

Do quanto me apercebo do cenário do teatro em CV, da sua luta e das suas conquistas, retiro a ideia de Lorca fazer uma espécie de "aviso aos navegantes" sobre os perigos culturais resultantes de politicas anti-arte, como se o ohomem aí tivesse estado a assistir à vossa cruzada pela vitória de Dionísio...

JB disse...

Explicado!