Cafeína Ilustrada

11 Comments







Ao ler este testemunho sobre o estado de degradação do antigo Liceu Gil Eanes, depois Escola Preparatória Jorge Barbosa, do meu bom amigo Joaquim Saial, no seu blogue Praia de Bote, pouco mais há a acrescentar. Foi lá que tive o meu primeiro emprego quando estive a dar aulas (de Ciências da Natureza) durante dois anos e olhar para o estado de degradação dá uma raiva muito grande. Estão à espera que caia tudo? Temos ali um novo Éden-Park? Até quando Mindelo vai continuar assistindo à podridão que o invade, quieto e calado? Até quando? 

"Não lho disse, mas ainda lho direi, que ninguém parece estar interessado nisso, que a indiferença reina, que a memória dos grande cabo-verdianos que por ali passaram não parece ser suficiente para alguém arranjar uns tostões para uns míseros sacos de cimento e para uns baldes de tinta... Ao ver a sua velha casa degradada (em rua próxima do liceu), ao ver o velho liceu a entrar em ruína, as lágrimas afloraram-lhe aos olhos, como ele me contou. Enfim, ao deparar-me com estas imagens que partilho com os frequentadores da Praia de Bote, também as minhas pálpebras se molharam. Era inevitável...

Termino, dizendo que se houver um movimento local que se abalance à tarefa da recuperação deste edifício mais que simbólico, finalmente uma vaga de fundo credível construída por gente séria, terei um cheque disponível para oferecer, com montante correspondente à saudade e à dívida contraída para com ele."

Joaquim Saial

Já não passo pela Praça Nova, porque ver o Éden-Park naquele estado dá-me náuseas. Ao que parece o dono do imóvel estaria preso num outro país. Agora, isto. Vamos continuar, alegremente a assistir a este triste espetáculo?

Espero, ansiosamente, que o meu querido amigo Manuel Brito Semedo, pessoa sempre sensível para estas questões de património, consiga, enquanto vice-reitor da Universidade de Cabo Verde, dar o impulso que falta para a reabilitação deste importante e histórico edifício!




You may also like

11 comentários:

Felina disse...

É um crime deixar degradar certos edifícios, os danos podem ser irreversíveis e a sua destruição é como arranjar paginas à história de um pais.

Já criaram um pagina do facebook para sensibilizar a população local a intervir?


Bom regresso JB

Felina disse...

Correcção ao meu comentário

"arrancar paginas" e não "arranjar paginas"

Joaquim Djack disse...

Nesta boca de cena, um grande abraço ao retornado CAFÉ que mostra fotografias bem "margosas" feitas por um meu amigo, José Carlos Marques, igualmente ex-aluno do Gil Eanes (o pai, funcionário da empresa portuguesa Construções Técnicas, era encarregado de obras dos dois cais acostáveis do Porto Grande e do Porto Novo e teve significativa influência na construção dos mesmos), e ao fim de 50 anos regressou à "Casa Mãe" de cultura que foi este velho liceu (agora também é, mas noutra vertente) para receber um murro no estômago. Outro igual recebi eu quando olhei para as dramáticas imagens que ele trouxe do Mindelo e me ofereceu. Murro forte, bem doloroso, diga-se...

Foi então que resolvi divulgar as imagens que agora circulam entre a comunidade cabo-verdiana, aí na terra e na diáspora - não só lançadas para o éter da Internet pelo meu blogue Praia de Bote como pelo Tchalé Figueira que as repercutiu no seu Facebook e agora tu no teu MARGOSO.

E em breve tomarei outra atitude (está a ser elaborada) de que também darei conhecimento aos meus amigos das ilhas e daqui.

Se todos fizermos algo, a coisa poderá vir a tomar outro rumo, revertendo aquela miséria, esperemos. Até daqui a dias.

Vou agora voltar a incluir o ressuscitado CAFÉ MARGOSO nos meus blogues preferidos. Peço-te que faças o mesmo com o PRAIA DE BOTE.

Braça teatral,
Djack

Joaquim Djack disse...

Afinal já lá estava, peço desculpa, que só agora vi.

E este comentário pode ser deitado para o lixo, obviamente.

Abraço,
Joaquim Saial

zito azevedo disse...

ISTO É UM CRIME DE LESA CULTURA DE
LESA HISTÓRIA DE LESA CONSCIENCIAS DE MILHARES DE CABOVERDIANOS E NÃO SÓ, QUE O FREQUENTARAM DURANTE DÉCADAS E ALI ABRIRAM OS OLHOS PARA O MUNDO E PARA O SABER, SOB A BATUTA DE PEDAGOGOS DE PRIMEIRA ÁGUA...É IMPERDOÁVEL !!!

JB disse...

Por acaso, vi o teu post, prezado amigo Joaquim, publiquei as fotos no Margoso, e foi a partir daqui que a pólvora se espalhou pelas redes sociais. Penso que todo este ruído acabará por resultar em algo em concreto. Pelo menos, acredito nisso!

P.S. Envie uma mensagem pessoal, solicitando o programa da peça dos Sempre Fixes. Leu?

Abraço!

Joaquim Djack disse...

Só agora vi e já dei resposta. Positiva, como não podia deixar de ser e para hoje.

Grande abaraço à Talma,
Djack

Joaquim Djack disse...

Contratempo!... Manda-me o teu endereço electrónico, por favor, que não sei como, ele desapareceu aqui da minha lista.

Braça,
Djack

Prof. Dr. Julio C de Carvalho disse...

Triste mesmo. EM CV coisas uteis sao negligenciadas. Vergonha! Vergonha mesmo!

Prof. Dr. Julio C de Carvalho disse...

Vergonha!> CV precisa tomar conta de patrimonios!

JB disse...

Amigo. O meu mail jgbprivate@gmail.com

Abraço e obrigado!

JB