Complexo Cafeína

11 Comments



Um amigo meu, autor de um dos blogues mais criativos que conheço (Não Compreendo as Mulheres) esteve uns dias de férias em Cabo Verde, tendo passado pelo Mindelo e por Santo Antão. Qual não é o meu espanto, quando ele publica esta fotografia referente a um novo complexo habitacional ou turístico ou lá o que é, tirada há poucos dias na ilhas das montanhas. 

Será que só eu é que acha estranho, bizarro (para não dizer outra coisa) que num país como Cabo Verde se aceite que uma obra destas tenha um nome como este? Ou estou confuso e Moussulini não foi um dos mais sanguinários e fascistas dirigentes da Europa do Século XX? Como é que as autoridades cabo-verdianas aceitam uma coisa destas, alguém me explica? Ah!, está escrito de forma diferente, claro! Só pode ser por isso. Porque só quem está de muita má fé é que não vê que Mussolini e Mousulini não tem nada a ver uma coisa com a outra.

Ele há cada uma...



You may also like

11 comentários:

Jandir disse...

Joao, entao queres afirmar que todas as pessoas que tenham o azar de ter esse apelido nao o podem usar ????
tem que ter vergonha disso ????? entao a estilista portuguesa Ana SALAZAR , que dizes disto ?????

e quem disse que os donos tem alguma coisa a ver com o ditador italiano ????


bad , very bad

JB disse...

As pessoas não tem que poder ou deixar de poder, porque já vem com o nome. Aqui não se trata disso. Mas se tu achas que está otimo, ainda bem para ti.

É uma questão de opinião. Ou de sensibilidade. Ou, diria, até de gosto.

Abraço

Anónimo disse...

oportunistas ignorantes JB! E para fazer medo aos burros da ladeira.

fopi

argumentonio disse...

é muita desfaçatez! o local não inspira outra designação? é que pode propor-se e os promotores terão vantagem em aceitar sugestões mais simpáticas, imaginativas e... comerciais!

Paulino Dias disse...

Caro João,

O Mussolini a que se refere esta obra não tem absolutamente nada a ver com o tal da Itália. Trata-se de Nhô Muossoline (como dizemos em Santo Antão), carismática personagem de Ribeira Grande que era o antigo proprietário deste prédio. Este, garanto-te, não tinha nada de fascista, eheheh.

Nhô Mussoline deve estar a rir a bandeiras despregadas lá onde estiver, assistindo à celeuma que esta placa já provocou na internet (foi objecto de um intenso debate também no facebook).

E a malta da SCI deve estar a bater palma com os pés, pela publicidade gratuíta: isso até já me inspirou para futuras campanhas de marketing viral - basta colocar um nome provocador no projecto et voilá...

Abraço,
Paulino

António disse...

então é engodo, mesmo! designar o empreendimento de «Nhô Muossoline» seria um acto de generosa homenagem, com significado local e nacional, honrando uma personalidade reconhecida; como está é transviar o nome para o equívoco, além da venda lamentável da alma ao diabo... livra!

JB disse...

Ora cá está, no comentário do António, uma boa solução para este caso! Hei Paulino, não queres levar a sugestão para quem de direito?

Abraço

Anónimo disse...

Ignorância dois dois, pois o Nhô MuzolinE ERA UMA FIGURA POPULAR MUITO CONHECIDA em S Antao, acho que no Porto Novo...

Eu conheci alias esse senhor em Porto Novo!!!!

Al Binda

Mário Pinochet disse...

joão Branco, acho que, mais uma vez, foste infeliz neste teu artigo.
No dia em que aparecer um ditador com o nome de Paulo, vou roer de remorsos e retirar esse nome ao meu filho.
Enfim...

JB disse...

Hum Mário, tens um nome tão fixe! Ou será Nho Pinochet?

Anónimo disse...

Bom, do nome não sei, mas que esses prédios são um autêntico atentado contra a visualidade da ilha de Santo Antão não se pode negar....

Jeff